Sente dores no ombro ou cotovelo? Agende conosco - Seg à Sex - 08:00h - 19:00h

Fratura do escafoide

Fratura do escafoide

Você sabe o que é a fratura do escafoide? Este é um dos 8 ossos do corpo humano que constituem o punho. Sendo muito complexo, o escafoide é responsável pela mobilidade dos pulsos e das mãos. Logo, quando existe uma fratura, o paciente pode sofrer não apenas com a dor, mas também ter essa movimentação comprometida.

 

A lesão é muito comum após algum evento traumático, como quedas e outros tipos de acidente. Devido à sua localização, o escafoide é um dos ossos mais frequentes em termos de fraturas, já que, quando caímos, a tendência é tentar nos proteger com as mãos, fazendo com que o osso receba todo o impacto.

 

Por isso, logo após o trauma, é imprescindível que o paciente procure o melhor ortopedista especialista em punhos da região. Afinal, o médico será capaz de investigar a gravidade da lesão e indicar o tratamento adequado para cada paciente, garantindo uma recuperação completa e evitando novas complicações.

 

 

O que é e quais são as causas da fratura do escafoide?

 

Como mencionamos acima, o escafoide está entre os ossos com maior incidência de fraturas no corpo humano. A lesão pode acontecer em qualquer idade, principalmente após um trauma. A causa mais comum é a queda, seguida pela tentativa do paciente de apoiar-se nas mãos estendidas para evitar o impacto.

 

A fratura pode ser classificada de acordo com a zona de osso em que o trauma acontece: a mais frequente é no terço médio, seguida pela fratura no terço/pólo proximal ou no terço/pólo distal ou tuberosidade. O tratamento pode variar de acordo com a região machucada.

 

A fragilidade óssea também é um fator de risco para as fraturas do escafoide. Por isso, é importante sempre fazer exames de rotina para garantir o fortalecimento dos ossos e evitar lesões.

 

 

Quais são os sintomas de fratura do escafoide?

 

A dor é o primeiro e mais intenso sintoma de fraturas. No caso do escafoide, o paciente sente dor principalmente nos punhos e pode desenvolver também inchaços no pulso e na base do polegar.

 

Além disso, a limitação da mobilidade também é frequente e, após um tempo, pode-se surgir uma mancha negra no punho, indicando hemorragia interna.

 

Infelizmente, muitos pacientes negligenciam sintomas com a dor. Mas, como ela pode aparecer antes mesmo dos inchaços e outros sintomas, é importante que você consulte o ortopedista imediatamente. Afinal, quanto mais rápido o tratamento for iniciado, maiores são as chances de uma recuperação completa.

 

 

Como é o diagnóstico da fratura do escafoide?

 

O diagnóstico do quadro é relativamente simples e deve ser feito sempre pelo ortopedista. Na consulta inicial, o médico vai fazer o exame físico e solicitar uma radiografia do punho para atestar o diagnóstico e verificar a possibilidade de outras lesões na região.

 

Em cerca de 25% dos casos, a radiografia pode não ser conclusiva e o médico solicita também uma tomografia computadorizada ou ressonância magnética. As imagens permitem uma avaliação melhor da lesão e, consequentemente, a indicação do tratamento.

 

 

Como é o tratamento da fratura do escafoide?

 

O tratamento varia de acordo com a gravidade de cada quadro, incluindo ou não a presença de outras lesões subsequentes. Logo no primeiro momento, é imprescindível fazer a imobilização do polegar e do punho com uma tala ou gesso. Essa medida é uma forma de reduzir a dor e o inchaço, além de proteger a região contra novas fraturas.

 

O tratamento indicado pelo ortopedista pode incluir também a administração de medicamentos analgésicos e anti-inflamatórios. Lembre-se de nunca tomar remédios por conta própria e aguardar a prescrição médica para ter a certeza de que o remédio é o mais indicado para o seu caso.

 

O período de imobilização pode variar de acordo com cada paciente e é sempre acompanhado de perto pelo ortopedista, tendo uma média de duração de 6 a 8 semanas. Caso o tratamento conservador não apresente resultados, o médico pode optar pela intervenção cirúrgica.

 

A cirurgia é indicada para fraturas que apresentam desvio ou que são acompanhadas por outras lesões. A cirurgia é realizada pelo ortopedista e pode ser auxiliada por artroscopia.

 

 

Quanto custa o tratamento da fratura do escafoide?

 

Assim que você perceber os primeiros sintomas de uma fratura, procure o ortopedista imediatamente para que ele possa realizar os exames iniciais. É somente após o diagnóstico que pode-se elaborar um plano de tratamento personalizado para garantir a estabilidade dos punhos, reconquistar a mobilidade e se livrar da dor decorrente da lesão.

 

Como existem diferentes casos, o tratamento varia de acordo com as necessidades individuais de cada paciente. Por isso, os valores são tratados diretamente com o ortopedista.

 

Então, se você quer saber mais sobre a fratura do escafoide e buscar a ajuda que você precisa, aproveite agora mesmo para agendar uma consulta com o melhor ortopedista da região!

(67) 99931-0077

kauegimenes6600@gmail.com

End. Rua Alagoas , 396, sala 902 , Edifício Atrium Corporate
Jardim dos Estados, Campo Grande - MS

Dr. Kaue Paschoaletto Gimenes - Doctoralia

Convênios Ortopédicos

Convênio Bradesco Saúde
Convênio CASSEMS
Convênio Força Aérea Brasileira
Convênio FUSEX
Convênio GEAP Saúde
Convênio IMPCG
Convênio Marinha do Brasil
Convênio OMINT
Convênio Santa Casa Saúde
Convênio Saúde CAIXA
Convênio UFMS
Convênio Unimed

Horários


Segunda-Feira

Terça-Feira

Quarta-Feira

Quinta-Feira

Sexta-Feira

Sábado

Domingo

08:00h - 19:00h

08:00h - 19:00h

08:00h - 19:00h

08:00h - 19:00h

08:00h - 19:00h

Fechado

Fechado

Endereço Clínica Dr. Kaue Gimenes Ortopedista
Feito com ♥ e estratégia por Sunset Agência de Marketing - 2020

Fale Conosco!

Clique para chamar no WhatsApp